| Facieg

A reunião de outubro do Fórum das Entidades Empresariais de Goiás (FEE), foi realizada nesta segunda-feira, 18, na sede da Federação das Associações Comerciais, Industriais, Empresariais e Agropecuárias do Estado de Goiás (Facieg), com a presença de presidentes de federações e autoridades.  

Assuntos pertinentes ao setor produtivo e empresarial do Estado de Goiás foram tratados com o deputado federal e presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), José Mário Schreiner; o presidente da Fecomércio, Marcelo Baiocchi; o vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg)André Rocha; o presidente do Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras no Estado de Goiás (OCB-GO)Luís Alberto Pereira; o presidente do Conselho da Associação Pró-desenvolvimento Industrial do Estado de Goiás, Otávio Lage de Siqueira Filho e o presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae e ex-presidente da Facieg, Ubiratan da Silva Lopes, que na ocasião representou o presidente da Facieg, Sebastião Vieira Sobrinho (Seba). 

O Fórum trabalha pelos interesses da iniciativa privada, com apoio das entidades que representam seus segmentos. A intenção é promover ações que valorizem o setor empresarial para o incentivo ao desenvolvimento do mercado produtivo. Apesar de toda dificuldade com a burocracia, a FEE televado ao poder público a mensagem sobre a importância da organização setorial para o crescimento da economia. A geração de emprego e o incremento das empresas, grandes ou pequenas, é o maior benefício fiscal que se pode conceder à sociedade, às cidades e ao Estado”, reforçou Otávio Lage de Siqueira Filho durante a reunião 

No encontro mensal foram discutidos temas de relevância para o empresariado goiano e projetos de âmbito legislativo, executivo e judiciário, como trabalho temporário (Dec. 10.060/19), juros exorbitantes do FCO, melhorias do PROGOIÁS, decreto de nomeação dos representantes do Sicoobmelhoria do ambiente de negócios no Estado, redução das taxas cartorárias, agenda permanente com o Fórum Empresarial e o decreto de demissão e suspensão de benefício fiscal (covid-19) 

A pauta de assuntos também incluiu a agenda de reuniões permanentes do FEE com os secretários de Estado, PL 2510 DE 2019, que estabelece a competência municipal para a definição da largura de Áreas de Preservação Permanente ao longo de rios em zonas urbanas e o PL 2510/2019 que trata das áreas urbanas consolidadas e sofreu alterações, que representam retrocesso ao projeto aprovado anteriormente na Câmara dos Deputados, em que dava maior autonomia aos municípios para legislar sobre o assunto.