Notícias


1ª ExpoNerópolis deve gerar aproximadamente R$ 3 milhões em volumes de negócios

A economia de Nerópolis durante muito tempo se baseou na agricultura e agora abre as portas para a industrialização. Hoje o município é conhecido pela sua grande produção de doces caseiros, revendidos em todo o país. Visando o estímulo dos negócios do município e com apoio do Sebrae Goiás, a Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e Serviços de Nerópolis (Acianer) e diversos parceiros, realizaram a abertura da 1ª edição da Feira de Indústria, Comércio e Agronegócios de Nerópolis, a ‘ExpoNerópolis’, nessa sexta – feira (17). A Feira ocorre de 16 a 19/5, na Praça São Sebastião, com a expectativa de R$3 milhões em volumes de negócios e a visitação de mais de 15 mil pessoas.

O presidente da Federação das Associações Comerciais, Industriais e Agropecuários do Estado de Goiás (Facieg) e presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae Goiás Ubiratan Lopes prestigiou a Feira, e lembrou do trabalho de estímulo aos pequenos negócios do município. “A participação do Sebrae é de extrema importância, já que temos diversos micro e pequenos empresários da cidade presentes na Feira. O evento é importante para o crescimento da economia e do empreendedor do estado de Goiás”, disse.

Ainda segundo Ubiratan, as parcerias entre as entidades foram fundamentais ao sucesso do evento. “Há diversos segmentos sendo fortalecidos. Nerópolis está próxima a Goiânia e a Anápolis, com localização estratégica. Essa é a primeira feira que estamos realizando na cidade, com a Facieg, Acianer, Sebrae e diversas entidades unidas e felizes com os resultados e negócios gerados”, conclui o presidente.

Anselmo Pereira, presidente da Associação Comercial, Industrial, Agronegócios e Serviços de Nerópolis (Acianer), destaca os negócios gerados . “Estamos realizando a primeira Expo Nerópolis, idealizada pela Acianer. É um sonho realizado, e com a participação de todos os empresários da cidade. A expectativa é que se supere os R$ 3 milhões em volumes de negócios, com a visitação de mais de 15 mil pesssoas”.

Wilder Morais, secretário de indústria, comércio e serviços de Goiás, destacou o apoio do governo do estado.“Estamos trazendo o apoio do governo a todos os empresários instalados no município, para que possam ampliar os seus negócios através dos benefícios fiscais que o estado dispõe para ajudar as empresas a crescer. A ExpoNerópolis já começou grande com 56 expositores. Essa é a maior ação social que o estado poderia fazer, que é gerar emprego para o público goiano”, afirma.

Segundo Jaques Jamil Silvério, presidente do Sindicato das Indústrias de Café e diretor da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), a instituição levou atividades aos participantes da feira. “A expectativa da Fieg é muito boa com a feira. Temos várias escolas profissionalizantes, e a feira oferece a oportunidade de os paticipantes conhecerem mais sobre a instituição. Na carreta do Sesi, estamos oferecendo informações para o ramo de panificação com foco no desenvolvimento de novos produtos”.


FONTE: SEBRAE-GO