Notícias


FACIEG apresenta projeto de modificação e arquitetura de interiores da nova sede

A comissão responsável por acompanhar a reforma da futura sede da FACEIG, se reuniu na manhã desta terça-feira (28), para validar a projeto de modificação e arquitetura de interiores da nova sede.

O espaço da futura sede possui uma área total de 513,78 m² e contará com recepção, sala de reuniões com capacidade para vinte lugares, sala da presidência, sala comercial, sala de atendimento, sala de certificação digital, sala da administração e copa.

O projeto de arquitetura de interiores é realizado pelas arquiteturas Sheila Silveira e Rosa Maria Mendes. " O conceito que adotamos foi de valorizar os elementos de brasilidade. Como a FACIEG é uma entidade ligada ao País, as cores corporativas são o verde e amarelo do Brasil, então pegamos um espaço para modificar sem que fossem feitas grandes alterações. O verde foi usado em pontos estratégicos para valorizar a cor corporativa que remete às matas e usamos muito a iluminação de cores amarelas”, explicou Sheila Silveira.

Os elementos do conceito do projeto envolvem o fortalecimento da marca FACIEG com foco na confiabilidade e mantendo a tradição da entidade.

Rosa Maria ressalta que que toda parte de iluminação será trocada por luminárias de LED. “É um tipo de iluminação, sustentável, muito mais eficiente e com menos consumo”.

O presidente da FACIEG, Ubiratan da Silva Lopes, declarou que a realização do projeto é um marco na história da federação. “Sempre sonhamos com uma sede própria que pudesse oferecer muitas atividades ao associado e agora estamos prestes a alcançar este objetivo, graças à participação de todos e a luta dos companheiros que fortalecem o propósito da entidade”, destacou.

Participaram da reunião o vice-Presidente da FACIEG, Sebastião Vieira Sobrinho;  vice-presidente da Regional Sul Goiano, Ricardo Augusto Tavares; o diretor financeiro Valter Nunes; e o diretor de contabilidade, Elias José.

Com a idealização do projeto,  a FACIEG passa a oferecer ainda mais funcionalidade e comodidade a seus afiliados e frequentadores com amplo espaço, que permite um desempenho ainda mais eficiente das atividades realizadas pela entidade.

“A idealização deste projeto é representação de que o movimento associativista está se fortalecendo mais a cada dia”, destacou Ubiratan.