Notícias


l Expo Anápolis: ACIA realiza 1ª Feira de Indústria e Comércio de Anápolis


Ao participar da abertura oficial da I Expo Anápolis – 1ª Feira da Indústria e Comércio de Anápolis, o presidente da presidente da FACIEG e do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae Goiás, Ubiratan da Silva Lopes, destacou o papel importante do evento para o setor. “É uma maneira de aproximar os empresários para a troca de experiências, aumentando a competitividade e fomentando negócios dentro da cidade”, afirmou.

A feira que acontece até dia 31 de agosto no Centro de Convenções da Anápolis, contou com a presença de diversas autoridades, entre elas, o governador do Estado, Ronaldo Caiado.

Animado com a grandiosidade da Feira, que tem 101 expositores, o governador chamou de “momento ímpar” para a economia da cidade. “Nós temos que recuperar essa iniciativa de Anápolis na área de empreendimento, temos que sair dessa inércia. Precisamos mostrar a capacidade que Anápolis tem de alojar hoje as melhores estruturas e oferecer a melhor logística que temos no Brasil”, reiterou.

A programação da Feira, conta com palestras, rodada de negócios e eventos como o Passaporte da Mulher (parceria do Sebrae com a ACIA Mulher), Salão de Negócios Imobiliários, Fórum de Oportunidade de Negócios no Segmento de Defesa e Segurança, Desafio Jovem Inovador de Anápolis, Fórum Regional de Turismo, entre outros.

Para todas as noite do evento está planejada uma programação diferenciada. Nesta quinta-feira (29) os participantes tiveram show com a dupla Nilton Pinto e Tom Carvalho. Hoje está prevista palestra com o jornalista e escritor José Nêumanne Filho sobre Política e Economia. E no sábado o ex-jogador de vôlei olímpico e repórter especial do Esporte Espetacular, Tande, fará a palestra de encerramento com o tema “A Vida é um Jogo”.

 

ÁREA DE 800 MIL METROS NO DAIA

Ainda durante a abertura da I Expo Anápolis, o governador Ronaldo Caiado, anunciou a disponibilidade de uma área de 800 mil metros quadrados para a implantação da Plataforma Logística Multimodal, dentro do Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia). “Vamos poder repassar essa área para atender aos empresários que estiverem interessados em instalar as indústrias no Daia. Será resguardada toda a área da ferrovia e do Aeroporto de Cargas”, declarou o governador.

A Plataforma Logística Multimodal está há 20 anos apenas no papel, mas, segundo o secretário de Indústria, Comércio e Serviços (SIC), Wilder Morais, o local já possui toda a infraestrutura necessária para atender as empresas. “Nós apresentamos um projeto ao governador para que pudéssemos usar imediatamente a área, já que temos um represamento de empresas querendo se instalar em Anápolis”, explicou o secretário

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Anápolis (Acia), Álvaro Otávio Dantas Maia, expressou que a novidade gerou grandes expectativas no setor produtivo. “Algumas empresas querem vir para cá e não tem terreno. O País passa por uma crise, com insegurança jurídica muito grande, e ter uma área já é um fator positivo”, ressaltou.

AUTORIDADES

Também participaram da solenidade de abertura da Expo Anápolis o prefeito de Anápolis, Roberto Naves; os secretários de Estado Wilder Morais (Indústria, Comércio e Serviços) e Adriano Rocha Lima (Desenvolvimento Econômico e Inovação); os presidentes Rivael Aguiar (Goiás Fomento), Pedro Sales (Codego), Francisco Amaral (Goiás Turismo) e Renê Pompêo de Pina (GoiásGas); o presidente da Câmara de Vereadores de Anápolis, Leandro Ribeiro; o coordenador geral da Feira, Anastácio Apóstolos Dagios; os deputados estaduais Amilton Filho, Coronel Adailton e Chico KGL; os presidentes de entidades José Alves Filho (Adial Brasil), Sandro Mabel (Fieg), e André Rocha (Sifaeg/Sifaçucar); o reitor da UEG, Ivano Devilla, e o representante da Unievangélica, Augusto César Rocha Ventura; o superintendente da Caixa Econômica, Marciano Matos; e diretor da CNI, Pedro Alves de Oliveira.

Pelo Estado ainda compareceram os comandantes Antônio Marcos Godoy Soares Mioni Rodrigues (Base Aérea de Anápolis Ala 2), coronel Paulo Roberto de Oliveira (3º CRPM), tenente-coronel Monteiro (3º CRBM) e tenete-coronel Ricardo (3º BBM).